Mudanças, mudanças e mais mudanças. A lógica da vida

 



E aí, pessoal! Tudo bem? De abril pra cá, muitas coisas mudaram... A vida, verdadeiramente, é uma roda da fortuna e precisamos entender que fases e mudanças repentinas fazem parte dela. O que devemos fazer com isso? Olhar sempre pelo ponto positivo e extrair o melhor de cada fase, por mais desafiadora que seja.

Na data da última postagem, estava na correria no trampo (como dizem os paulistas). Em junho saí do trabalho e estou em casa. Motivos: desígnios de Deus/ Universo/ Espiritualidade.
Neste movimento, percebi ao meu redor que tudo, mas tudo estava fora de ordem e precisava de mudanças radicais e imediatas.

Como ainda estamos em Pandemia, a distância do meu filho em estar a semana na casa da avó estava atrapalhando radicalmente seu desenvolvimento, uma vez que a escola voltou a funcionar por escala, fora a questão da convivência afetivo-familiar que é vital para criança.
Outra: minha casa - gente, minha casa estava um verdadeiro caos. Como o mundo exterior reflete nosso interior, compreendi claramente o por quê do tempo de parar e reformular TUDO que está em mim e ao meu redor.

Começou com a retomada da vida cotidiana do Antonio. Não está 100%, mas já caminhou um pouco. A convivência direta comigo e com o pai tem facilitado bastante seu cotidiano. Como é um processo, ainda está se adaptando, mas ele sabe que pode contar conosco, porque estamos literalmente ao lado dele.

Segundo, dar uma GERAL na minha casa. Uma geral mesmo: faxina, faxinaço, desapegos, jogar fora, queimar, rever tudo aquilo que não faz sentido em minha vida. Olhei ao meu redor e ví quanta coisa tenho/tinha que não usava e não faz sentido pra mim. Hoje completa 20 dias de faxina intensa, organização e pasmem ainda não acabei.

Em vista do que estava para o que está, caminhei, digamos, 20%... falta muito ainda.

Aonde quero chegar? Num estilo de vida mais simples, voltado para minha saúde mental, para o equilibrio e harmonia da minha casa e isso refletirá na vida e no desenvolvimento do meu filho e nossas vidas em geral.

Está sendo fácil? Não. Porém não é impossível.

Segue aqui a playlist que estou publicando diariamente no YouTube com esta novela da minha vida real que tem impactado positivamente a mim e também às pessoas que estão acompanhando.


           


Aproveitem, me acompanhem também no Instagram, pois lá posto tudo em tempo real.

Beijos e até o próximo post.
Pin It

Por quê abandonei o louro?

 

E aí, pessoal! Tudo bem? Vou procurar manter o blog atualizado.

O blog Criloura completou 11 anos. Simmmm. Fico feliz em ser uma das pioneiras negras em compartilhar dicas reais e acessíveis às mulheres negras, periféricas, nos cuidados com cabelos crespos e cacheados tratados quimicamente.

Quando comecei, tudo era mato.... Iniciei a proposta do blog, indo na contramão da dominação dos nossos corpos e cabelos de que: “mulheres pretas não poderiam usar cabelos claros” e que “cabelos relaxados não poderiam ser clareados”.

Enfim, foram nove anos usando cabelos claros variando apenas no tom. Chega uma hora que cansa! Daí , como estava passando por uma fase de revolucao interna, decidi fazer a transição capilar, usar tranças e entrelaces.

Fiquei um tempo com o natural e voltei a relaxar, desta vez usando hidróxido de sódio da Avlon. Sobre a cor, decidi manter natural e no início apenas clarei as pontas para trazer um pouco de luz.

Agora lido com o nascimento dis fios brancos e ainda não sei o que fazer com eles...

Então é isso. Beijos e até o próximo post. 

Pin It

Relaxamento Capilar na Quarentena. O que fazer neste momento?



 E aí, pessoal! Tudo bem? Um ano se passou e quase nada mudou, à não ser a permanência da Pandemia por Covid-19 e em 2021 temos agora a variente denominada "O Novo Corona Vírus". 

Pode parecer bobagem para os negacionistas, mas para quem sente na pele os efeitos da Pandemia, além dos riscos à vida, há também a perda de autonomia no ir e vir em razão do contágio e os cuidados redobrados com a proteção dentro e fora de casa; isto é: máscara com dupla proteção, distanciamento social e higienização de mãos e objetos (incluindo roupas).

O impacto é imenso e afeta nossa qualidade de vida, na economia e em nossa auto estima, já que o feômeno nos isola da vida cotidiana que tínhamos antes e para muitos o direito ao emprego e ao "não medo" de circular.

Como sempre me prdispus nestes 11 anos, sem pedir nada em troca aém de respeito, venho compartilhar com vocês dicas que podem contribuir neste moment tão difícil na humanidade e a gente manter um pouc da nossa saúde mental estável, se cuidando através também da auto estima.

Então, vai algumas observações:

1. Nada mudou no cuidados com os cabelos, gente! Quem puder manter o intervalo de três meses entre uma aplicação e outra do relaxamento e tatando os fios atravéss cronograma capilar.

Sempre indico o cronograma capilar, pois ele é um programa que você constrói de acordo com sua necessidade, levand em consideração às necessidades do seu cabelo. Logo: hidratar, nutrir e reconstruir continuam sendo nossos exercícios.

E QUANDO A GRANA ESTÁ CURTA?

Nega, tenha sempre um óleo vegetal, ainda que seja o azeite ou de soja e um creme de hidratação de sua preferência.  Para cada etapa, separe um pouco do creme a ser usado no cabelo e misture com o óleo. De igual forma você pode fazer com as reconstruções: misturara um pouco de queratina liquida, gelatina incolor diluida ou colágeno e acrecentar no creme que será usado em seu cabelo. Isso ajudará a manter a rotina.


E O RELAXAMENTO, QUAL QUE EU USO?

Quand falamos de quimica, precisamos olhar para dentro de nós e fazer duas perguntas: 1. Por quê eu faço uso dela? 2. Eu tenho habilidade em aplicar sozinha? Uma vez respondidas estas questões, o que você pode fazer é adquirir um produto relaxante em lojas de cosméticos ou mesmo drogarias e aplicar em seu cabelo, com o máximo de cuidado e perícia possível. Lembrando sempre da lógica que: hidróxidos são compatíveis entre si, mas tioglitolato/ permanente, não. Logo não devo misturar. Caso decida migrar de um princípio ativo para outr, precisa-se aguardar pelo menos seis meses, tratando bem dos fios em seu compriment e antes fazer o teste de mechas.

Não faça a louca de se achar mulher maravilha e fazer as coiusas " à moda Bangu", porque o risco é de você provocar um corte quimico e ter seu cabelo no chão.

Se decidir aplicar soznha, lembre-se que quem cresceu foi a raiz, logo, sua aplicação precisa ser feitoa apenas na raiz crescida, protegendo o comprimento.

Jamais faça a louca de aplicar em  todo comprimento sem monitoração da ação. Lembre-se de que a responsabiliddade é sua e  cabelo é seu..


No decorrer destes 11 anos, publiquei vários videos no YouTube orientando como você pode aplicar relaxamento em casa, com segurança.



                 


           

           
          

Segue alguns vídeos tutoriais que estão em em meu canal entre outras dicas que compartilho com vocês.

Aproveitte, se inscreva no canal, ative o sino de notificaões, deixe seu like que sempre que posso, publico vídeos não só de cabelos como de outras pautas também.

 Beijos e até o próximo post.
Pin It