1 2 3

Penteia e Fala: Bate Papo sobre cabelos, sexo do bb, parto, YouTube, Polemicas e outros


Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje trago uma proposta de vídeo bem legal, conversando um pouco mais com vocês sobre diversos assuntos: Penteia e Fala.
Existem outras variações de formatos como Faxina e Fala, Maquia e Fala e como queria dar um up nos fios, pensei: poderia gravar um video enquanto penteio.

Neste video trago alguns assuntos pendentes: creme de cabelo favorito, sexo do bebê, parto, família, YouTube, Polêmicas, aborrecimentos e outros.

Ficou curiosx? Confira o video que fiz com carinho para vocês.



        


E aí, gostaram? Se desejarem, aproveite e assine o canal e receba os vídeos em primeira mão e também me acompanhem nas redes sociais.

 Beijos e até o próximo post.

Resenha Base Vult Efeito Matte - Marrom 2


Olá, pessoal! Tudo bem? No post de hoje o papo é sobre maquiagem, em especial, lançamentos do mercado nacional para peles negras. Um dos últimos lançamentos, super bem falados na blogosfera é a base com efeito matte da Vult. O diferencial é que a marca trouxe a possibilidade de dois tons/subtons para peles mais pigmentadas. Assim, me entusiasmei e decidi adquirir para testar e também para atender o pedido de vocês.


Fiz aquisição há uns quinze dias e comprei-a numa drogaria que fica no metrô da Central do Brasil aqui n RJ. Preço: R$ 24,90 mas é facilmente encontrada em demais perfumarias do ramo. Caso não encontre, a maneira mais fácil é entrar em contato com o fabricante, que eles lhes informam o ponto de vendas mais próximo.

Usei-a por umas quatro ou cinco vezes e com isso tenho opiniões sobre a eficácia da mesma em pele negra.
Sabemos que para conhecermos o tom e subtom de uma base, pó e corretivo em uma pele, não devemos testar no dorço das mãos. Neste caso, fiz para mostrar o nível de textura e cobertura que são excelentes. Percebi que ela desliza suave, tem média cobertura e esta cobre bem pequenas imperfeições e dá aparência de uma pele sequinha sim, mas saudável.
Porém, mesmo aplicada no dorço das mãos, percebemos uma diferença no subtom da cor da minha pele, que é mais amarelada e da base que puxa para o rosa/bege, esfriando-a.

Quer saber como ficou o resultado final em minha pele? Confira o vídeo que fiz:


        


Uma leitora trouxe a seguinte reflexão pra mim e concordo: esta base realmente é ótima, para que tem um tom e subtom de pele semelhante a NC45 da MAC. Acima disso, ela tende à acinzentar, como foi o meu caso. Para quem tem peles com referência acima de NC 45 o ideal é pensar em outras possibilidades.

O ideal é que a Vult e outras empresas brasileiras do ramo que estão na tentativa de elaborar bases para peles negras é que criem mais variações de tons e subtons. Minhas referências e que dão sempre certo são as bases da MAC e da Maybelline.

E vocês conhecem o produto? O que acharam?

 Espero ter ajudado. Beijos e até o próximo post.

Brasil, qual é a sua cara?


Olá, pessoal! Tudo bem? No post de hoje o assunto é uma reflexão sobre o panorama político e social à qual o país está passando.

Para quem me acompanha no Instagram e também no Facebook conhecem minhas publicações, seja com dicas e informações de beleza, mas também informação para nossa auto estima e reflexões filosóficas e sociológicas. Meu objetivo é estimular em vocês leitora um pensamento crítico e reflexivo frente a realidade e sair um pouquinho do mundo cor de rosa que a blogosfera acaba nos levando.

Este mês, mais uma vez, o país tem sido arena de grandes manifestações de movimentos sociais diversos (pasmem, inclusive da classe média e alta), com relação aos acontecimentos que, nunca tem uma resolutividade justa, no ponto de vista jurídico e seus atores acabam não sendo punidos ou responsabilizados por tantos desvios, corrupções e desmontes ao Estado que deveria nos gerar melhor condições para um lugar de bem estar social.

Achei esta charge e isso gerou algumas polêmicas. Como vivemos em uma "democracia" e o direito à à livre expressão é direito de todos nós, desde que não fira princípios morais e éticos contra a personalidade de cada um de nós.

Na charge fica clara às intenções do autor: mostrar a classe média/elite indo às ruas manifestar-se conta um estado de corrupção que, muitas vezes são sustentados pelo mesmo, principalmente no financiamento às campanhas eleitorais de alguns políticos fraudadores e claro, no afundamento das desigualdades sociais. Em contrapartida apresenta o papel secundário e invisível de pretos e pardos nesta pirâmide (não digo eu mas os dados de institutos de pesquisa como IBGE, FGV, Diiese, IPEA e outros) e neste caso da babá negra empurrando o carrinho com o bebê da madame.

Esta cena é comum de vermos nos pontos nobres das cidades brasileiras e, aos olhos de quem quer enxergar a realidade, sabe que não há vitimismo nisso e nem nos fazemos de coitados. Tanto que hoje sabemos reconhecer, dizer sobre estas desiguldades e exigimos mudanças.

Mas o ponto em que eu quis apresentar desta charge foi outra coisa: uma mulher negra, na condição de subalternidade sim, mas que a TEXTURA/ESTRUTURA do seu cabelo não faz diferença neste cenário, se é quimicamente tratado ou natural. Como? Pode parecer maluquice, mas com tantos despaltérios sociais e políticos que vivemos, ainda temos mentalidades que querem fragmentar a identidade da pessoa negra, separando-os entre os que usam quimica ou não e os que tem possíveis benefícios por ter a cor da pele mais clara ou não.

Não vou me alongar para não cansar vocês, mas fica aí a reflexão: se existe racismo, discriminação, preconceito ou seja lá que nome for, podemos ver que ele se indifere pela textura/estrutura do cabelo e se fortalece, infelizmente na cor da pele e origem das pessoas.

O objetivo não foi polemizar mais uma vez, mas tentar esclarecer e trazer outras reflexões sobre certas bandeiras separatistas que estão sendo levantadas contra nós.

Beijos e até o próximo post.

Dicas para mamães de todas as viagens


Olá, pessoal! Tudo bem? No post de hoje o assunto é maternidade e uma dica valiosa para mamãe de todas as viagens. Hoje estou me apropriando de leituras, escutas, relatos e experiências com mulheres e a maternidade de um modo geral e cada dia mais me surpreendo. Não apenas como profissional de saúde, mas como ser humano e claro como mamãe também, já que estou com 23 semanas de gestação de um menino.

Posso dizer que, para uma gravidez planejada e desejada, seja por ambos ou por um só, é o momento mais sublime da vida de uma mulher. É incrível como Deus nos concedeu um grande dom e graça de gerar dentro do nosso próprio corpo outro ser humano. É maravilhoso pensar que o ser humano habita dentro de outro humano: no homem, espermatozóide e na mulher, o óvulo que juntos gerarão um ser humano. É emocionante!

Como profissional de saúde ouço muitos relatos de mulheres que, por diversos motivos, acabam durante os seis meses abandonando o ato de amamentar e oferecendo outros alimentos a criança. Uma das respostas mais comuns em seu ouvir é que o "leite é fraco" e por isso precisa complementar. Para conhecimento de todxs, não há leite fraco e sim limites no corpinho do nosso bebê em absorver o leite materno. Entenda por quê:


Os nossos bebês, assim como nós adultos e adolescentes (sim, pois muitas mulheres geram bebês antes dos 18 anos) tem limite na capacidade de absorção, conforme demontra na imagem. Por isso é que o bebê mama um pouco e logo depois quer um pouco mais. O processo de digestão dele é diferente e limitado. Assim como a capacidade de absorção, outro dado importante é compreender que ele, antes dos seis meses, não tem as enzimas digestivas, que são substâncias orgânicas e proteícas, para digerir alimentos mais pesados naquele momento. Então, o risco de oferecer alimentos antes do tempo, podem levar crianças à adoecerem e até morrerem. Portanto, todo cuidado é pouco e não façam nada sem antes de ter uma avaliação e diagnóstico criteriosos do enfermeiro ou do médico.

Estou aprendendo que a gestação é um momento único, oportuno, rico e feliz de conhecermos a nós mesmas e também conhecermos esta pessoa que chegará ao mundo e que será nosso como vínculo de amor, afeto, compromisso e responsabilidade para o resto da vida. Assim como desejamos respeito, vamos respeitar seus limites. Eles estão sob nossos cuidados, mas não não nossa propriedade. Fazer ou não fazer algo em benefício do bem estar da criança, pode ser compreendido pelas autoridades judiciais como ato de negligência e omissão e isso induz à retirada dos pequeninos de nós.

 Espero ter ajudado. Beijos e até o próximo post.

DIY: Faça você mesma o Banana Powder Ben Nye



Olá, pessoal! Tudo bem? No post de hoje é um "faça você mesma" e, desta vez, orientando como podemos criar nosso próprio pó facial translúcido amarelo, usado para acentuar a iluminação do contorno em maquiagens.

Este da imagem é o Banana Powder Ben Nye, usado por celebridades brasileiras e americanas, entre elas a socialite Kim Kardashian, para deixar a pele mais iluminada e radiante.

Por ser um produto importado, aqui no Brasil, vende-se apenas sob encomenda, com alguns importadores e, o preço médio varia de R$ 80 a R$ 100,00. É bem verdade que ele vem bem cheinho, mas pagar um preço tão alto para tirar o mínimo para iluminar uma pele pode ser um pouco de contrasenso.

Então, pensando e pesquisando um pouquinho, tive a idéia de juntar o pó translúcido facial (usei o da Yes Cosmetics e da Dailus), com sombra amarelo ouro opaco (usei um pouco de algumas paletas e comprei uma sombra unitária da Yes Cosmetics cor Canário) e fui adicionando um pouco de cada, até conseguir o tom ideal à minha mistura.

 Quer saber como fazer e como fica o resultado? Confira o vídeo que fiz neste tutorial:

          

Espero que vocês tenham gostado. Beijos e até o próximo post.

Faxina e Fala: Homofobia, Maioridade Penal, Não sou Obrigada e etc

 Olá, pessoal! Tudo bem? No post de hoje trago o vídeo Faxina e Fala, onde aproveito o espaço de cuidados da minha casa e das minhas atribuições e conversamos sobre diversos assuntos, entre eles política, beleza, sociedade, comportamento e outros. Muitas de vocês gostaram e pediram para eu trazer conteúdos neste formato. Muito obrigada.

 Este vídeo está bem antiguinho: foi gravado em junho, no dia dos namorados e só hoje está indo ao ar. Não o coloquei antes, porque priorizei alguns conteúdos que vocês estavam me pedindo com mais frequência.

No capítulo de hoje, descontruindo a idéia de que quem bloga e vloga vive vida de glamour, estou lavando a louça e trazendo minhas reflexões à respeito da homofobia, maioridade penal, fora escravidão de cuidados coma  beleza, descoberta de novos produtos, Madureira e outros.

 Quer saber um pouco mais? Confira o vídeo que fiz:


          


E é isso, pessoal! Espero que tenham gostado. Beijos e até o próximo post.

Cobre e Vermelho - Maquiagem em Pele Negra


Olá, pessoal! Tudo bem? O assunto do post hoje é maquiagem, em especial, maquiagens com tons e cores que sobressaem positivamente em pele negra e morena. Hoje, optei pela combinação do cobre com o vermelho, que são tons quentes e que muito vão de encontro com nossa pele.

Faz tempo que fiz uma maquiagem cor cobre e a refiz, atendendo ao pedido de vocês leitoras, que muito tem me apoiado e me incentivado à melhorar minha performance na tentativa de transmitir o mínimo de informações e conhecimentos que tenho aprendido.

O cobre, assim como o dourado, o bronze e outras cores neutras e quentes, combinam para o dia, mas também para aquela festa ou aquele evento para fazer a diferença.

Querem saber como eu a fiz? Confira o vídeo abaixo:


           


Espero que tenham gostado e aguardo mais sugestões de vocês.

 Beijos e até o próximo post.