Novo Corte, Nova Cor 2018


Olá, pessoal! Tudo bem? Voltei e retornei diferente... com nova cor e novo corte. Simmm. É super bom mudar e estas mudanças foram necessárias e decididas por mim.

Muita gente me pergunta, por quê não deixo mais meu cabelo crescer? Eu até tento, mas chega na hora, o bichinho comichão do corte me bate e não resisto e corto.

Chega um tempo na vida da gente que o cabelo longo é uma opção mesmo. No meu caso, há tempos optei pelo médio. Mas a gente cresce, outros compromissos da vida vão chegando e a necessidade de cortá-los tornam-se indispensáveis. 

No meu caso foi motivado por alguns motivos: excessiva perda de massa capilar e não consegui repor a tempo, isto é, após luzes, relaxei duas vezes e isso afinou o comprimento louro do meu cabelo. Muita gente chamaria de "corte quimico", mas fui a uma profissional e ela disse que não, porque meus fios não estavam quebrados e nem elásticos. O que precisava era repor massa mesmo e eu não consegui fazer a tempo e assim decidi cortar as pontas e modelar o comprimento. Cortei. 

Sobre a mudança da cor agora estou no marrom no tom de 6.7. Como fiz o procedimento no salão, porque estava com medo de mecher novamente e fazer cagada, a Vanessa fez um degradê de tons marrons, passando pelo frio, médio, um pouco do avermelhado e deixando um pouco do louro paga "apagar a luminância" do louro que estava demais e, particularmente, já estava cansada.

Continuo "criloura", agora com um louro mais suave, puxado para o mel e com cara de outono-inverno. Há oito anos tenho usado os tons mais claros e acesos e agora optei pelo tom mais suave e adorei.

Confesso que pensei em usar uma cor fantasia como pink, violeta, azul, mas achei melhor sossegar. Como trabalho fora e temos que ficar no "padrão", não sei se seria bem aceito no trabalho, mas achei melhor ficar nesta vibe mesmo.

 E vocês, o que acharam?

 Beijos e até o próximo post. 

Pin It

Maquiagem suave para alcançar seus objetivos: valorizar sua beleza natural



Olá, pessoal! Tudo bem? O post hoje é sobre maquiagem, mas seguida de reflexões muito importantes para nós, mulheres pretas e pardas.
Fico muito feliz como avançamos e, aos poucos, estamos conquistando nosso lugar de direito, principalmente dentro do mercado consumidor de beleza, pois ao contrário do que tentam falar sobre nós, nós consumimos e queremos produtos de qualidade. Nossa exigência às empresas de beleza, fizeram-nas repensar e produzir produtos de boa qualidade para que nós estejamos incluídas nesta relação de direito e consumo.

Antes, os produtos que usávamos não eram específicos para as características da nossa pele e por isso ficávamos com a pele ancinzentada e muitos diziam até que queríamos nos embranquecer com isso. Como ouvimos aberrações a nosso respeito!

Hoje, com a autonomia e nosso empoderamos estamos chegando lá e produzindo maquiagem lindas, que não só embelezam nossa pele, mas enaltece o charme da beleza negra ressaltando-a.

 No meu caso, sou maquiadora, formada pelo Senac em 2013 e embora fale do conteúdo sobre minhas vivências e experiências em cuidados com meu cabelo, vira e mexe apresento minhas maquiagens, meus avanços e aprimoramentos.


Claro que ainda não estou 100% e nem expert, mas sei que avancei bem nas técnicas de maquiagem e, na medida em que dou um passo, compartilho com vocês.

Hoje a valorização da nossa beleza pela cosmética não tem a intenção de embranquecimento ou tampouco a vulgarização e sim a demonstração de que nós fazemos e podemos também.

 Gostaram da proposta? Confira o vídeo que fiz mostrando o passo a passo:


 


 Espero que tenham gostado. Beijos e até o próximo post.

Pin It

Seda BOOM Finalizadores


Fala aí, meus amores! Tudo bem? No post de hoje tem breve resenha sobre a linha de cremes para pentear/finalizadores da Seda. A linha em questão é a BOOM é realmente faz sucesso por ser maravilhosa.

 Observo que a Seda deu um super upgrade: começou com produtos meio despersonalizados, fechou com co-criações com grandes profissionais e por fim encontra-se em parcerias com blogueiras à qual tem aperfeiçoado sua linha de acordo com nosso gosto e necessidade.

 A linha tem um nome pretencioso, mas vale a pena experimentar. Ao todo são quatro cremes: BOOM Voumão. BOOM Definição, BOOM Transição e Boom Crespo Ostentação. De todos, amei os três primeiros que além de cumprir a promessa, não deixam os fios pesados e deixam uma fragância docinha maravilhosa.

 Já o Crespo Ostentação não funcionou para mim: ficou pesado e "enfarofado". Quer saber um pouco mais? Confira o vídeo-resenha que fiz falando sobre minha experiência no uso.


          


E aí, o que voces acharam?

 beijos e ate o próximo post
Pin It