5 DICAS básicas para CUIDADOS CABELOS com QUIMICA


Olá, pessoal! Tudo bem? No post de hoje trago cinco dias essencias para nós mulheres de cabelos crespos e cacheados, que costumam usar quimicas para sua transformação  e embelezamento.

No meu caso, uso relaxamento há quase 20 anos e gosto muito dos resultados. Há uns três anos faço uso do relaxamento à base de hidróxido de cálcio da Salon Line, à cada três/ quatro meses, associado à luzes.

Neste intervalo opto por tratar muito bem dos fios, para repor todos os nutrientes que os fios perdem com o dia-a-dia e se não for reposto, os fios ficam frágeis, ressecados, porosos e sem vida.

Muito disso vem da forma como aplicamos os produtos em nossos cabelos. O ideal é procurar um salão de cabelereiro para obter as orientações necessárias, mas nem sempre isso é possível. O motivo principal é a ausência de conteúdos que orientem os leitores, bem como profissionais qualificados para responder estas demandas. Os cursos de formação pecam terrivelmente em desprezar este tipo de conteúdo, gerando dúvidas, erros que podem ser evitados.

O QUE DEVO ESTAR ATENTA?

1. Antes de aplica a quimica ter a certeza do que você está fazendo. Pode parecer bobagem, mas é fundamental idealizar pouco e trabalhar com os limites e possibilidades do resultado nos fios;

2. Uma vez decidida é fundamental fazer o teste de mechas. Este teste define o grau de tratamento, resistência, elasticidade e densidade dos fios e serve como um termômetro para nos dizer até onde podemos chegar com os níveis de seguros alertas;

3.Na hora da aplicação do produto, o ambiente é fundamental. É preciso que seja amplo, limpo arejado, ventilado e bem iluminador. Isso evita a poluição do produto, perdendo sua eficácia e os demais estabilizam a temperatura evitando o aceleramento da ação quimica nos fios. Existem passo a passos e processos que precisam ser obedecidos.

4. Após a quimica, é fundamental iniciar um cronograma capilar, com as etapas que proponho à respeito de hidratação, nutrição, reconstrução, reestruturação e matização para manter os fios ultra bonitos e saidáveis.

5. E jamais pensar em mudar de princípio ativo sem estar plenamente segura e ciente do que quer. Ex: se a pessoa usa permanente a migração para outra quimica não pode ser instantanea. Entenderam? Então o lema é tratar e ficar ligado nestas dicas para uma aplicação segura.

Segue o vídeo que fiz falando melhor deste assunto:

          

Espero que tenha ajudado. Beijos e até o próximo post.
Pin It

4 comentários:

  1. Uauh nem parece usa química muito lindo o seu cabelo
    Adorei o seu blog e já te sigo

    Por favor visite o nosso blogue e siga por favor
    https://coisasdecrespasoficial.blogspot.com/2018/01/contominhahistoria-2.html

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde! Gosto muito dos seus vídeos, estou sempre acompanhando. Vi um vídeo seu recentemente passando guanidina da caixa verde em seus cabelos, gostaria muito de rever este vídeo. Pois é onde você usa o olé de rícino nas pontas, e traz o produto até as pontas do cabelo. Já procurei este vídeo e não achei mais, aliás tenho procurado! Gostaria muito se possível você está passando esse vídeo. Desde já agradeço beijos e obrigado 😚

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas aquele é um relaxamento à base de hidróxido de cálcio e não guanidina. Muitos dizem ser a mesma coisa, só que não. O resultado é bem diferente. O que eles tem em comum é a ativação com carbonato de guanidina, mas não significa que ambos sejam guanidina, já que as bases são diferentes.
      Com o uso do óleo de rícino, eu não trazia o produto até as pontas, porque eles estavam já processados com relaxamento. Pode ser que eu tenha feito um alinhamento em uma parte ou outra do fio.

      Este vídeo encontra-se lá no canal no YouTube, na Play List de Relaxameto. Beijos e obrigada

      Excluir