Protestos Brasil 2013: Aonde isso te afeta?


Olá pessoal! Tudo bem? O post hoje não é sobre beleza, mas sobre cidadania. Não poderia ficar calada e não trocar algumas palavras e reflexões com vocês, sobre este momento belo e histórico em que, após 50 anos, o povo não vai às ruas lutar pelos seus direitos. Tudo bem que, embora na década de 90 tivemos o movimento Fora Collor, o mesmo não tinha o mesmo peso e o mesmo caráter que este que tem movimentado milhões de pessoas.

O pivô das manifestações foram os reajustes nas passagens de ônibus. A maioria das capitais o fizeram (e depois voltaram atrás) de R$ 0,20. Vinte centavos não é nada mesmo, mas no bolso de um trabalhador que, como eu e você vai para as ruas batalhar a vida, sabe que faz diferença no final do mês e também no final do ano.

Fora este reajuste, o silêncio e a letargia de anos em que nos mantivemos calados e sofrendo com os mandos e desmandos dos políticos corruptos e organizações escusas nos governos, roubando o dinheiro público que são constituídos com os pagamentos dos nossos impostos.

Aonde isso nos afeta? Já que muitas pessoas pensam que é "modismo" irmos às ruas e lutarmos por nossos direitos, pense em cada uma destas proposições:

1) Qual a qualidade dos transportes em sua cidade? As tarifas são justas ao conforto que você anda?

2) Como são as ruas e as estradas em que estes transportes circulam?

3) Se sua escola for pública, você acha que ela é de qualidade? Em outras palavras: você tem condições de concorrer de igual para igual para aprovação no vestibular ou concurso público, por exemplo, com outra pessoa que estudou em uma escola melhor?

4) E na saúde: já precisou de ir à um hospital ou mesmo posto de saúde por estar se sentindo mal? Foi rapidamente atendido? Qual a qualidade do serviço ofertado?

Destas questões, pelo menos uma ou duas eu tenho certeza que você respondeu como insatisfatória. Há tantas coisas que precisamos fazer em prol das transformações sociais e econômicas no Brasil e, a ausência do Estado nesta questões, se dirimindo às outras, para atender aos interesses do capital, isto é, do $$$$$ de empresas e empresários que, junto à eles, tiram o nosso couro, é que precisamos nos posicionarmos e exigirmos melhores condições de vida. Isso não só porque somos brasileiros, mas principalmente por sermos uma nação, com pessoas humanas e cidadãos que contribuem para um estado democrático de direito melhor.

 Fiz um vídeo para compartilhar minha indignação sobre o ocorrido.


Fora isso outros absrudos como a legalização da "cura gay". Aonde vamos parar? Que absurdo é este? Embora sendo evangélica, tenho horror a este oportunista que está sentado num cargo de grande representabilidade no país e faz um balbúrdia destas, com intuito de atender, exclusivamente, o interesse políticos dos seus comparsas.

Para mim chega! É tempo de mudar.
Pin It

3 comentários:

  1. É xará, o reajuste dos preços das passagens foi apenas o estopim para que as manifestações acontecessem diante de toda uma carga pesadíssima de insatisfação que o povo vem carregando pela falta da qualidade na saúde, educação, segurança pública e pela corrupção, desperdício de dinheiro público e desonestidade dos políticos. Ainda tem um governador que afirmou que esse movimento só pode ser político, pois não é da natureza do povo se manifestar. Ele achou que o povo gado ia ficar na inércia a vida toda? Sentiu o drama? E o absurdo que é essa PEC 37, gente? É muito deboche com a nossa cara, ainda vem o Pelé para dar declarações infelizes por aí, será que ele esqueceu de seu passado humilde? Deus nos abençoe, porque tá difícil.

    ResponderExcluir
  2. Oooi !

    Adoooro seus videos e suas dicas


    Suuper Beijoooooooo

    **Se puder dá uma conferida lá no Blog?**

    Blog: http://bonecasdeeluxo.blogspot.com.br/
    Channel: http://www.youtube.com/channel/UCqDy8A7_jkO1k0lsfrgzMZQ
    Page: https://www.facebook.com/bonecasdeluxoo

    ResponderExcluir
  3. Fernanda,

    POis é, xará! A chapa está quente e, agora que o "gigante acordou" será difícil conter a fome e a sede pelos 50 anos adormecidos...

    A Dilma convocou os ministros para uma reunião urgente. Vamos ver no que vai dar. O grande problema agora serão os vândalos que, se apropriam do momento histórico e político, para descentralizar a proposta e fragilizar a política. Sinto que isso não vai acabar bem.

    ResponderExcluir