Como conseguir ter cachos II

Olá blacks! Tudo bem? O post hoje é para darmos continuidade aquele bate-papo sobre como consegui ter cachos.

Como algumas sabem, fiz um vídeo falando um pouco mais sobre o assunto aqui e depois fiz outro vídeo falando sobre o assunto aqui.

 Fiz um post também aqui no Criloura e agora pretendo dar a sequência a um pouco do que falei no segundo vídeo.

Como disse, primeiramente preciso pedir desculpas a vocês pelas repetições que fiz mencionando o nome do instituto onde faço meus cabelos. Ficou uma coisa meio chata e até parecia "lobby" (intenções políticas) tantas repetições. Não se trata disso. Em geral, para quem me conhece, sabe que, quando gosto muito de alguma coisa, dos seus resultados, fico tão empolgada que não me dou conta, muitas vezes do que estou falando. Não foi nada proposital.

Neste post gostaria apenas de esclarecer algumas dúvidas que chegam para mim: umas em forma de interrogação e outras em forma de exclamação, pois muitas me perguntam como faço para conseguir ter cabelos desta cor usando relaxante à base de hidróxido de cálcio e também como e por quê faço uso de outros produtos de manutenção fora a indicação do instituto?

 Como sempre parto do princípio de uma reflexão para a gente pensar na vida: " Ninguém pode saber melhor do seu corpo se não você mesma". Afinal o corpo é seu e ninguém tem o direito de te condicionar ou dominar dizendo faça isso ou faça aquilo. Particularmente acho isso muito complicado. Acho importante a gente avaliar o que se deseja e saber dos riscos que se corre e assumí-los. Por exemplo: faço relaxante com hidróxido de cálcio? Sim. Quero clarear meu cabelo? Sim. O que devo fazer? O caminho é estudar, saber o que há no mercado para cabelos quimicamente tratados, conversar com outros profissionais e chegarmos a um consenso. Se mesmo assim houver dúvidas ou inseguranças, o ideal é não prosseguir, entende?

 Vou nesta linha: estudei para fazer o que fiz. Graças a Deus, até os dias de hoje, deu tudo certo e por isso compartilho as dicas e o que uso com vocês. As vezes não faço mais porque não tenho tempo mesmo, mas pretendo colocar tudo o que sei e aprendi à disposição de vocês. Não faço isso para ser mestre, mas sim para ser solidária. Sou da linha de Paulo Freire, pois acho e tenho certeza que conhecimento só se faz saber quando ele é compartilhado. Por isso aprendi a ser solidária e é uma lição que não quero mais esquecer.

Sobre linhas de manutenção, faço uso dos dois: tanto os indicados pelo instituto e pelos produtos externos. Por quê faço isso? Por uma razão simples: antes de ser cliente e consumidora, sou mulher, ser e pessoa; logo,sou livre assim como você e tenho direito de escolher o que fazer e usar em meu corpo e claro assumir os riscos pelos resultados. Tanto que faço uso dos dois e adoro os resultados.

 E é isso, blacks. Espero ter esclarecido um pouco mais e, me disponho à responder eventuais dúvidas aqui nos comentários e quem desejar, pode me encaminhar por email: crilourah@gmail.com

Para quem desejar assistir o vídeo, está aqui:



 Beijos e até o próximo post.
Pin It

Nenhum comentário:

Postar um comentário