Quando é hora de procurar pelo médico?

Olá, blacks! Tudo bem? O post de hoje é dedicado a um assunto sério, que muitas de nós temos uma certa resistência, quando o fator beleza está muitas vezes condicionado ao fator Saúde. SSSSIIIIMMMMM. Infelizmente, tivemos uma cultura na saiúde muito "hospitalocêntrica", com foco mais na doença do que no indivíduo. Graças a Deus, após muitos movimentos populares através da Reforma Sanitária este paradigma mudou.

 Percebi isso e trago para nossa reflexão, porque recebo muitos emails e muitos com relatos que, certamente, as possíveis reações que refletem na beleza dos cachos, podem sim estar ligado à sua saúde. Sinto que muitas ficam chateadas porque esperam que darei uma super dica que irá solucionar suas dificuldades, quando oriento à procurar um serviço médico para que esta situação seja vista pelo ponto de vista clínico.

 Desta forma, para que a gente possa se situar e saber em que lugar estamos e de onde estamos falando, trouxe algumas situações na saúde, que podem provocar resultados desfavoráveis aos cachos, para que, uma vez percebendo seus sinais a gente possa encontrar orientação médica.

1) Uso de Medicamento Contínuo - Situações na saúde que envolvem, por exemplo, diabetes e o uso da medicação para seu controle podem oferecer um rebatimento aos seus cabelos.

2) Pós-Operatório: Situações de cirurgias que envolvem anestesia geral. Em específico, cirurgia bariátrica (para reddução de estômago), assim como o parto cesariana, no início, contribuem para deixar os fios mais ralos, com quebra/queda e com aspectos mais ressecados e maltratados.

3) Hipo/Híper (Tireoidismo) - São as glândulas, na região do pescoço, responsáveis por hormônios importantes como o T3 e T4 que controlam o funcionamneto de diversos órgãos; inclusive, atuam no controle do crescimento dos cachos. A versão do hipotireoidismo deixam o organismo mais lento e a versão hípertireoidismo ao contrário. Lembrando que o organismo da gente precisa funcionar harmonicamente, para que tudo vá bem. Seus principais sintomas podem ser: pele ressecada, unhas quebradiças, cabelos finos e ralos. Com o aumento da disfunção reações como aumento de peso e o agravo das situações citadas.

4) Ovários Policísticos - Conhecido como hiperandrogenismo, esta disfunção alteram o bom funcionamento do organismo da mulher. Seus principais sintomas são queda capilar (partindo do couro cabeludo) e crescimento sem controle de pêlos, principalmente na face e em outras partes do corpo (menos nos cabelos). Quem tem esta situação na saúde sabe que o tratamento é feito á base de anticoncepcionais, mas que também precisam ser combinados com medicações para evitar o surgimento da diabetes. Para isso, blacks, é importantíssimo que vocês procurem um serviço médico.

5) Disfunção/desordem orgânica de várias naturezas - Situações que envolvem hipertensão, anorexia, perda exagerada de peso (cuidado com as dietas milagrosas), depressão, redução da menstruação, infecções de maneira em geral, cistos, anemia, leucemia (câncer no sangue), excesso/redução do uso de vitaminas (avitaminose), desidratação, obesidade, ansiedade, nervosismos, vertigens, alopécia (redução total ou parcial de pelos numa região do couro cabeludo), doenças coronárias entre outras.

6) Quimioterapia - A queda dos cabelos é gerada porque a função da quimioterapia é "erradicar" as células no organismo que se multiplicam rapidamente  sem controle (isso é o câncer). Portanto o tratamento é radical e este não faz distinção do que é uma célula sadia ou doente. Após a conclusão do tratamento, aos poucos o organismo retoma seu estado normal.

7) Má Alimentação - Quem vive de comer bobagens como hamburguer, salgados entre outros, não pensem em ter cabelos e nem pele bonitos. A base principal do ser humano é o que ele come, assim uma boa alimentação que se inclui frutas, verduras, legumes entre outros, faz parte do rol da saúde para garantir cachos, pele e unhas lindos!

8) HIV - O vírus da imunodeficiência, que pode ser evitada através do sexo protegido com preservativo, não compartilhamento de agulhas e seringas e também com o uso do equipamento de segurança, para quem atua na área da saúde e recicláveis. O medicamento tem uma série de reações entre elas a perda dos cabelos, constantes enjôos, nauseas entre outros.

Claro que as situações que citei podem ser controladas por tratametno clínico para seu controle ou erradicação. Só depende de você.

 Como fazer para ter acesso aos serviços de saúde:

* Sistema Único de Saúde (SUS) - A partir dos movimentos de reforma sanitarista e o advento da Constituição de 1988, uma das maiores exigências, fosse um sistema que oferece saúde á população, de forma digna e universal e que fôsse único. Claro que o SUS tem diversas limitações por vários motivos, mas sua principal função é prestar serviço de saúde e qualidade a população usuária que dela utiliza. Desta forma, faça valer seu direito como pesso a cidadã.

 No município do Rio de Janeiro e também em outros municípios e estados a porta de entrada se faz da seguinte forma:

Atenção Primária - Através das Clínicas de Famílias com médicos generalistas

Atenção Secundária - Através dos Postos e Centros de Saúde;

Atenção Terciária - Através dos Hospitais e Clinicas mais avançadas. Incluem-se os hospitais com urgência e emergência e UPAS.

Atenção Quaternária - Através dos hospitais de referência. Ex: INCA, INTO entre outros.

 No primeiro momento você precisará procurar a Clínica de Família ou o Posto/ Centro de Saúde mais próximo para você e agendar uma consulta com o médico. Lembando que em Clínica de Família o médico é clínico geral/generalista e no Posto/Centro de Saúde, poderá ter o médico na especiliadade de Dermatologia.

 De qualquer forma, agende a consulta com o médico, relate seu caso, seus sintomas entre outros e, pergunte sobre a possibilidade de lhe encaminhar para uma especialidade mais avançada.

Para quem tem plano de saúde, o caminho pode ser mais simples: Basta pegar o catálogo e escolher um médico de sua preferência para que este possa prestar-lhe o atendimento.


E é isso, blacks! Amem-se, Cuidem-se, Respeitem-se! Não permita que ninguém tente dominá-las pelo poder de suas idéias. Tenham suas idéias, sigam seus corações e sejam muito felizes.

 Beijos e até o próximo post!


Pin It

8 comentários:

  1. é isso aí não devemos deixar a saúde para depois!!
    vou pensar nisso!!
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Ótimo post, pouquíssimas de nós faz essa relação pele/cabelos x saúde. Eu mesma sou um exemplo: vivo fazendo hidratações no cabelo, buscando bons cremes para a pele mas na hora de beber água sou um desastre! Esse post foi um alerta para ficarmos mais atentas ao nosso organismo como um todo!

    ResponderExcluir
  3. Ba,

    Avalie sim, Ba, porque é muito importante. As vezes uma simples queda no cabelo, uma mancha diferente na pele, pode ser indicativo de muita coisa.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Michelle,

    Obrigada, amada. O nosso organismo é um conjunto que precisa funcionar harmonicamente. Não adiante usarmos os melhores produtos se, a gente não investe em boa alimentação, água entre outros. Por isso é importante a orientação de um profissional de saúde para ajudá-lo a funcionar de forma adequada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Eu cuido da pele e dos cabelos, procuro usar boas marcas, mas tenho consciência de que se melhorar minha alimentação vou ver mais resultado. O problema é comecei a engordar quando entrei na faculdade por causa da má alimentação. Eu era bem magra, para ter uma ideia meu IMC era quase abaixo do normal, mas de uns 6 anos para cá engordei 20 kg. Quando paro para refletir sobre isso, fico profundamente triste, o pior é que tenho tido dificuldade de manter a dieta passada pela nutricionista. A diferença mais significativa que vejo por conta da má alimentação é na pele, que hoje é bem oleosa e antes era mista.

    ResponderExcluir
  6. Fernanda,

    Pois é, xará! Eu acredito que, revendo sua alimentação é possível você manter a dieta em dia. Só a ingestão de água, sucos, frutas, legumes e verduras, já ajudará de forma significativa. Beijos e boa sorte!

    ResponderExcluir
  7. Pois é amiga, ano passado tive uma anemia severa e silenciosa que resultou em uma forte queda do meu cabelo a ponto de ter que ficar 5 meses sem usar química nenhuma e usando somente produtos infantis.Se aprendi?Claro, voltei a me alimentar bem e meu cabelo agradeceu.

    ResponderExcluir
  8. Rejane,

    Exatamente, Rejane. Este é o ponto. Muitas de nós foge do médico, mas não sabe o queanto ele pode ser aliado na hora de cuidar da gente.

    Beijos nega e se cuide!

    ResponderExcluir